Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 23 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Ensino
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Ensino/ Técnicos do ministério e parceiros validam documentos sobre padrões nacionais de qualidade

2017-04-19

(ANG) – A educação constitui um factor primordial para o desenvolvimento de qualquer sociedade, afirmou hoje Maria Iracema do Rosário que representava o Ministro da Educação na cerimónia de abertura de um atelier sobre o sector educativo.



Falando no acto de abertura do ateliê de validação do Programa e Metodologia dos Padrões Nacionais de Qualidade da Educação para a Guiné-Bissau, Iracema do Rosário chamou a atenção para a necessidade de se dar atenção especial à educação para promoção do desenvolvimento.

Acrescentou que uma boa educação contribui para a progressão de um país e para a promoção da paz interna, tendo sublinhado que o Ministério da Educação, em colaboração com a UNICEF fará tudo no sentido de melhorar a situação do ensino na Guiné-Bissau.

“ Temos que almejar a paz para que as nossas crianças possam crescer na tranquilidade. Serão sempre as prioridades do ministério”, prometeu Iracema do Rosário.

Por sua vez, a representante adjunto da UNICEF, Cristina Brugiolo salientou que a educação obrigatória e gratuita até sexto ano de escolaridade, a distribuição dos livros e a reforma curricular são alicerces para o desenvolvimento do sistema educativo na Guiné-Bissau.

“Os modelos que vamos validar ao longo destes dois dias visam melhorar o sistema educativo no qual todos os que estão presentes vão desempenhar um papel”, explicou Cristina Brugiolo.

Sublinhou que as crianças da Guiné-Bissau merecem uma educação excelente que lhes permita exercer em pleno os seus direitos de apreciar a leitura, a arte, de serem notáveis nas ciências e de serem felizes.

O ateliê é organizado pelo Ministério da Educação e financiado pelo Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF), terá a duração de dois dias e conta com a presença dos directores e inspectores das diferentes escolas à nível nacional.

ANG/AALS/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw