Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 19 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Presidência aberta/Cacheu/ Presidente da República pede união de todos para desenvolver o país

2017-04-22

(ANG) – O Presidente da República pede a união dos guineenses para desenvolver o país e prometeu trabalhar para a melhoria das condições de vida do povo.



O pedido do chefe de Estado José Mário Vaz foi feito num comício popular,realizado no sector de Canchungo, na região de Cahceu,no âmbito da sua presidência aberta iniciada no mês passado.

O presidente reconheceu a existência das dificuldades apresentadas pela população, referentes as más condições das vias rodoviárias,falta de água potável, de centros de saúde, entre outras.

Sem deixar nenhuma promessa, José Mário Vaz garante que vai falar com os titulares de cada uma das áreas concernentes para ver como encontrar soluções para as preocupações levantadas.

José Vaz relacionou esta situação com o alegado esquecimento do povo por muitos dirigentes que ao longo dos 43 anos de independência desempenharam as funções do Estado em benefício próprio, deixando a maioria das famílias numa situação de pobreza.

Solicitou o envolvimento de todos para mudar o ruma das coisas, apontando a agricoltura e a pesca como a suloção para alguns problemas.

“A agricultura e a pesca podem tirar o país da situação em que se encontra,por isso, a presidência e o governo estão empenhados na criação de condições para aumentar a produção do arroz e garantir a segurança alimentar e maior controlo no mar para acabar com a pesca ilegal,porque diariamente se pesca ilegalmente cerca de quatro toneladas de peixes”,disse José Mario Vaz.

Ainda na Região de Cacheu, o Presidente da República garantiu a população de Bigene que vai usar a sua influência junto do ministro das Obras Públicas para melhorar a estrada daquela sessão, para faciliatar a circulção de pessoas e bens .

Por outro lado, o Chefe de Estado enalteceu o comportamento dos militares sobre o actual momento politico do país,não abstante as várias tentativas,sem sucesso, de alguns políticos de instrumentalizar a classe castrense para uma violência politico militar.

Enquanto isso,o ministro do Interior Botche Candé prometeu transferir do centro da cidade para a linha de fronteira o posto de controlo, a p+edido dos populares locais..

A semelhança de Botche Candé, ministro da saúde publica Carlitos Barai disse que a presidência aberta permitiu-lhe conhecer melhor a real situção do sector sanitário e garantiu afectar uma ambulância ao centro de saúde de Ingoré para a evacuação de doentes,mas prometeu um controlo efectivo da viatura.

Entretanto, a Primeira Dama, Rosa Vaz,aproveitou a ocasião para entregar diversos materiais sanitários ao centro de saúde de Cacheu e ao hospital de São-Domingos.

O donativo é composto por 100 baldes e materiais de laboratorio.

O acto da entrega foi presidida pela vice-presidente da fundação “Rosa Vaz”, Marcelina Monteiro, na presença de alguns elementos do gabinete da primeira dama.

Aresponsavel da área sanitária do sector de Cacheu, Antonieta Monteiro e o Director do hospital de São-Domingos fpram unânimes no agradecimento a Primeira Dama pela a oferta, promoteram fazer o uso adequado dos equipamentos recebidos e pediram mais apoio para o centro, que se depara com nomeadamente a falta de água potável e luz eléctrica.

ANG/LPG/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw