Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 22 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Cooperação
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Cooperação/ Missão militar chinesa avalia necessidades das forças armadas guineenses

2017-04-24

(ANG) - Uma missão de oficiais das forças armadas da China esteve no país entre os dias 21 e 22 do corrente tendo-se inteirado da real situação das forças armadas da Guiné-Bissau, sobretudo no concernente aos aspectos da formação e no domínio da técnica militar.



A missão dos oficiais militares chineses insere-se no âmbito da cooperação militar existente entre os dois países, como também visa responder o pedido efetuado pelo Chefe de Estado-Maior General das Forças Armadas guineense, General Biagué Na N’Tan, aquando da sua recente deslocação àquele país asiático.

Missão dirigida pela Coronel Superior e igualmente Diretora-geral do Gabinete dos Assuntos da Ásia Ocidental e África, do Gabinete da Cooperação Militar Internacional do Ministério da Defesa Nacional da República Popular da China, Ren Ju, e que foi acompanhada pelo Embaixador da China na Guiné-Bissau, reuniram-se com o Presidente da República e igualmente Comandante em Chefe das Forças Armadas guineense, José Mário Vaz.

Segundo o jornal O Democrata, a missão efetuou um encontro de trabalho com os responsáveis do exército guineense, no qual procederam o levantamento das necessidades das forças armadas, em termos de recursos humanos e no domínio da técnica militar.

Após o encontro com o Presidente da República, Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da República Popular da China na Guiné-Bissau, Jin Hong Jun explicou na sua declaração à imprensa que a vinda da missão militar da China ao país visa reforçar e consolidar os laços da cooperação militar tradicional entre os dois países.

Jin Hong Jun mostrou a disponibilidade da China de apoiar as autoridades guineenses, no quadro das relações bilaterais, na formação dos militares e salvaguarda de direito fundamental, que é a soberania nacional, no espaço aéreo, marítimo e terrestre.

ANG/O Democrata


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw