Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 13 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Conferência Mundial de Parlamentares/ Cipriano Cassamá defende luta contra pobreza para garantir “uma paz sustentável” no mundo

2015-09-03

(ANG) - O Presidente do parlamento guineense disse quarta-feira, em Nova Iorque, nos Estados Unidos de América “que não poderá haver uma paz sustentável, se nas sociedades persistir a extrema pobreza”.



Cipriano Cassamá que discursava na IV Conferência Mundial de Presidentes de Parlamentos sobre o novo Programa de Desenvolvimento Pós 2015, acrescentou que é “fundamental” que a ausência de conflito se traduza no aumento de condições de vida promotoras da dignidade da pessoa humana.

“Na Guiné-Bissau, temos a plena consciência que nos é incumbida a responsabilidade primeira de assegurar a paz e a estabilidade. Devido à fragilidade das nossas instituições temos a necessidade de ser acompanhados para conseguirmos assegurar a paz e a estabilidade”, disse o Presidente da Assembleia Nacional Popular.

Cassamá disse aos seus homólogos de mundo que os parlamentares não serão fiáveis se os seus esforços, enquanto representantes do povo encarregues de fazer leis, forem contrários à vontade do mesmo.

Em relação a África, afirmou que o continente dispõe de uma agenda ambiciosa até 2063, denominada: “A África que nós queremos”, na qual se visa, nomeadamente, e através do seu potencial demográfico, transformar as suas matérias-primas, com vista a gerar mais empregos, lutando assim contra a pobreza.

Agenda esta, que Cipriano Cassamá acredita que pode constituir um instrumento eficaz para o continente promover a paz, a democracia e a estabilidade.

Entretanto, chamou a atenção às instituições parlamentares do continente, no sentido de criarem mecanismos de monitorização e seguimento da sua evolução.

Durante a sua estada na sede de Nações Unidas em Nova Iorque, o Presidente da Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau manteve encontros de trabalho nomeadamente com alguns dos seus homólogos e com os membros do Conselho da Segurança.

ANG/QC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw