Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sábado, 21 de Outubro de 2017
Todas as categorias
Cultura
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Carnaval 2017/ Grupos vencedores exigem entrega de prémios pelo governo

2017-05-05

(ANG) – O Coordenador dos Grupos que participaram no carnaval 2017, exigiu quarta-feira a entrega dos prémios aos vencedores do desfile, num valor de mais de 17 milhões de francos CFA, tendo responsabilizado o ministro das Finanças pelas “consequências que poderão advir”.



Benjamim da Silva, em declarações exclusivas á ANG, disse que a promessa da Comissão Organizadora do carnaval na pessoa do Director-geral da Cultura de que os prémios seriam entregues depois de quatro dias, até a data não aconteceu.

“Antes do desfile nacional, o Director-geral da Cultural tinha garantido publicamente que já estão reunidas todas as condições para a realização do evento, inclusive, garantiu que já havia dinheiro para os prémios. Achamos caricato ele vir agora a dizer que apenas lhe disponibilizaram uma parte do dinheiro”, questionou.

O responsável do grupo cultural de Chão de Papel/Varela disse que foi criada uma comissão que diligenciou junto a Direcção-geral da Cultura e do Ministério da Juventude Cultura e Desportos para ver como ultrapassar o diferendo em causa, mais que, no entanto, não deu frutos.

Benjamim da Silva disse que foram recebidos ao mais alto nível pelo Primeiro-ministro que deu orientações ao titular da pasta da Cultura para diligenciar junto do ministro das Finanças o desbloquearem do montante em causa para efeito da entrega de prémios aos grupos vencedores do desfile do carnaval 2017.

“Segundo as informações que recebemos do Director-geral do Tesouro, os dois governantes tiveram um encontro onde o ministro Aladje Fadia mostrou-lhe que o pagamento dos prémios do carnaval não consta na sua agenda”, informou.

O porta-voz dos grupos vencedores do desfile do carnaval 2017 , disse que o ministro das Finanças não tem a noção da importância do carnaval e da cultura para o país por isso está a agir desta forma e se calhar a sua prioridade é a Presidência Aberta onde disponibiliza muito dinheiro.

Da Silva questionou a autoridade do Primeiro-ministro em relação ao titular da pasta das Finanças porque, segundo ele, o chefe do governo deu-lhe orientações e ele não as acata, acrescentando que vão responsabilizar Mamadu Aladje Fadia por tudo o que pode vir a acontecer porque não podem controlar as pessoas que participaram no carnaval se eventualmente decidiram fazer justiça com as suas mãos.

O total dos prémios ronda os 17 milhões e meio de francos CFA, que será devidido entre grupos do sector autónimo de Bissau, rainhas, regiões de Cacheu , Biombo e Quinará , desfile infantil e as seguranças que participaram no desfile.

ANG/MSC/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw