Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 20 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Saúde
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Saúde Pública/ Carlitos Barai declara tolerância zero ao roubo de medicamentos

2017-05-12

(ANG) – O Ministro da Saúde Pública, Carlitos Barai declarou hoje tolerância zero à prática de roubo de medicamentos, por parte do pessoal interno nos armazéns, fazendo alusão à caixas de mebendazole destinado ao tratamento de paludismo que fora extraviada no início da campanha de vacinação em 2016.



O ministro da Saúde Pública fez esta declaração na cerimónia de entrega da obra de reabitação do edifício dos serviços do Programa Alargado de Vacinação (PAV), pela Organização Mundial da Saúde (OMS) trabalho orçado em 98.347.933 milhões de francos cfa, com financiamento da aliança de Vacinação (GAVI – sigla em inglês).

Carlitos Barai considerou inaceitável a prática de roubo massivo de medicamentos por parte dos funcionários da saúde e disse também que a prática constitui uma preocupação para o governo.

“Se na altura tivéssemos este armazém com melhores condições de armazenamento de medicamentos e com o controlo do próprio pessoal da saúde não teria acontecido o que aconteceu”, explicou.

Segundo o ministro é inaceitável que grandes caixas de medicamentos sejam retiradas do armazém sem que ninguém desse conta ou pudesse informar nada sobre o sucedido.

“O ministério da Saúde assume o compromisso de colocar cá, na sede do PAV, dois guardas para que não voltem a acontecer roubos como no ano passado”, garantiu. Este responsável afirmou que o trabalho de investigação do caso de roubo ainda se encontra em curso.

Por sua vez, o representante residente do OMS (enquanto gestor do fundo de reforço do sistema da saúde), AYIGAN Kossi assegurou que os parceiros do governo apoiarão técnica e financeiramente as iniciativas desta natureza para que as crianças guineenses continuassem a beneficiar de vacinação gratuita.

ANG/FGS/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw