Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 26 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Sociedade
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Segurança Alimentar/ Programa Alimentar Mundial recusa ligação com o arroz a venda no país

2017-05-22

(ANG) – O Programa Alimentar Mundial (PAM) nega que o chamado “arroz do pam” vendido no mercado seja da organização.



Em comunicado distribuído à imprensa, a organização alerta que o referido arroz não tem nada a ver com o arroz que disponibiliza às crianças mal nutridas, cantinas escolares e doentes de sida.

“O arroz disponibilizado pelo PAM é de grão comprido, doado pelos Estados Unidos da América, e embalado em sacos brancos com as seguintes escritas: UNSA e USDA (US Departamento da Agricultura) ”,refere o comunicado.

A organização declara que vai processar judicialmente qualquer pessoas descoberta no desvio do arroz que fornece ao país.

Imagem Ilustrativo No documento, o PAM refere que apoia o governo na área da segurança alimentar e actualmente fornece assistência à mais de 200 mil pessoas no país e com previsão de atingir 365 mil pessoas nos finais de 2020.

Pede a colaboração de todas as pessoas no sentido de denunciarem a utilização indevida do verdadeiro arroz do PAM através do número 3344.

Na Guiné-Bissau, conforme o comunicado de imprensa, a organização trabalha em parceria com o governo, instituições nacionais, académicos, ONGs, organizações do sistema das Nações Unidas para melhorar a situação nutricional das crianças de 6 a 59 meses e pessoas com VIH/ SIDA, Tuberculose e das pessoas mais vulneráveis.

ANG/LPG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw