Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 20 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Saúde
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Saúde infantil/ Taxa de mortalidade infantil regista redução de cerca de 33 por cento

2017-06-02

(ANG) – A taxa de mortalidade infantil tem estado a reduzir-se na Guiné-Bissau desde os anos 90 à esta parte, situando-se agora em 68 mortos em cada mil nascidos vivos contra os 300 por mil anteriormente, ou seja uma redução de cerca de 33 por cento.



A informação é do Presidente do Instituto Nacional de Saúde Pública (INASA), que cita um estudo feito pelo Projecto de Saúde de Bandim, durante os trabalhos da Sessão Científica realizada quinta-feira em Bissau onde se procedeu a apresentação de dados sanitários do país.

Plácido Cardoso informou também que o relatório do ultimo Inquérito Múltiplo (MICS/2015) levada a cabo pelo Instituto Nacional de Estatística e Censo mostra igualmente a redução de mortes dos recém-nascidos, que saiu de 124 mortos por 1000 nascidos vivos para os actualmente 55.

Aquele responsável disse que, com esses resultados, pode-se dizer que o país conseguiu reduzir a mortalidade infantil, tendo justificado que o presente quadro positivo se deve as vacinas, nomeadamente a BCG aplicada logo a nascença, o anti-sarampo, o uso de mosquiteiros impregnados e outros.

Peter Aaby, do Projecto de Saúde de Bandim recomendou a vacinação das criancas contra o sarampo logo ao nascer e não no nono mês como tem acontecido actualmente nos centros de saúde.

ANG/JD/ÂC/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw