Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 25 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Agricultura
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Reforço de capacidades Técnicos agrários recebem formação em Bula

2015-05-26

(ANG)- O Primeiro-ministro (PM) Domingos Simões Pereira exortou no ultimo fim de semana aos extencionistas agrários em Bula, no Norte, a tirarem o máximo de proveito durante a formação para que possam estar munidos de instrumentos que fortalecem e valorizem a relação entre o campo e a cidade.



Segundo um comunicado do Gabinete de Comunicação e Informação do Primeiro-ministro, o chefe do governo presidia a cerimónia de abertura do seminário de formação destinado aos técnicos agrários, e que prolonga até Dezembro.

O Primeiro-Ministro disse estar convencido de que enquanto técnicos, se não forem capazes de encontrar soluções para os desafios da agricultura, nem o país poderá encontra-los.

“Vocês são as nossas capacidades nesse sector, apesar de que o vosso desafio é amplo e complexo. Mas para isso é que estão cá”, disse Simões Pereira.

Para o Primeiro-ministro, o meio rural não se configura apenas como um espaço essencialmente agrícola, pois nele existem a exploração florestal, pesca, o artesanato rural e varias outras actividades que podem ser desenvolvidas para se garantir a segurança alimentar.

Segundo o ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, João Aníbal Pereira na referida formação participam técnicos de diversos ramos do sector agrícola, veterinários, agentes de protecção vegetal, especialistas em desenvolvimento local, em crédito e micro finanças, inquiridores, provenientes das regiões de Biombo, Bolama, Cacheu e Oio, e que durante oito meses vão receber formação sobre como proceder a recolha de dados e informações sobre o estado de avanço e desenvolvimento das culturas, da situação das pragas, das doenças e do comportamento das chuvas, entre outras. As regiões restantes: Bafatá, Gabu, Quinara e Tombali beneficiarão da mesma formação na segunda fase.

Aníbal Pereira aproveitou a ocasião para anunciar aos formandos que o seu Ministério está a estudar a possibilidade de criar uma Escola de Formação Profissional em Contuboel e outra de formação superior na cidade de Bula, e de ainda construir campos escolas em todas as secções.

Na ocasião o Representante de Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) Joachim Laubhouet-Akadié, afirmou que a sua organização vai apoiar o país durante a campanha agrícola de 2015/16, com fornecimento de sementes de arroz, milho, sésamo, estacas de mandioca entre outros.

ANG/LLA/AC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw