Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 21 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Ambiente
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Ambiente/Oceanos/ Presidente da rede de parlamentares sugere campanhas de sensibilização para conservação dos oceanos

2017-06-09

(ANG) – O Presidente da Rede de Parlamentares para o Ambiente sugeriu quinta-feira a realização de uma campanha de sensibilização e educação ambiental para a conservação dos oceanos, sustentando que a vida dos homens depende dele.



Mário Dias Sami que falava na cerimónia de comemoração do Dia Mundial dos Oceanos disse que a ideia de celebrar a efeméride foi lançada na cimeira “ Dom da Terra” em 1992, no Canadá, mas que só veio a concretizar em 2008, na Assembleia Geral das Nações Unidas.

Disse que a conservação dos oceanos garante a sobrevivência humana, porque se desaparecerem não será possível a sobrevivência dos seres humanos.

Lembrou que o lema deste ano é “Nossos Oceanos, Nosso Futuro” porque nele se encontra a maioria das riquezas, nomeadamente petróleo, diamante e recursos haliêuticos.

Questionado se o país se defronta com problemas de poluição, Dias Sami respondeu que, de facto, existe, exemplificando que as pessoas lançam lixos na valeta atrás da sede das Nações Unidas e os resíduos acabam por desabar no mar, o que representa um grande perigo para os peixes.

Por sua vez, em representação do Instituto Nacional da Meteorologia, o climatologista Cherno Luís Mendes disse que os oceanos são causadores das mudanças climáticas, nomeadamente dos ciclones e furacões devido as suas extensões, acrescentado que os impactos dessas mudanças reduzem a cobertura vegetal e a modificação da flora a nível das zonas costeiras e marítimas.

“As espécies menos resistentes desaparecem devido ao aumento da temperatura das águas do mar,” afirmou.

ANG/JD/AC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw