Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 25 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Ambiente
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Reforço de capacidades/ Ministério de Defesa Nacional organiza seminário sobre política ambiental

2017-06-14

(ANG) – O Ministério da Defesa promoveu hoje o segundo encontro sobre a política nacional do ambiente e desenvolvimento sustentável.



Intervindo no encontro, o Presidente do Instituto da Defesa Nacional (PIDN) Augusto Mário Có, disse que a Guiné-Bissau é um pais costeiro e exposta aos fenómenos naturais e antrópicos destrutivos e de efeito catastrófico.

segundo aquele responsável, este flagelo coloca em evidência a necessidade do Estado assegurar as funções vitais assim como a segurança e o bem-estar das populações.

Augusto Mário Có assegurou que a adequada eficiência na gestão dos recursos naturais do pais permite manter o equilíbrio ambiental de que depende a maioria da população para a sua sobrevivência.

“Por isso, quero aqui sublinhar que a política nacional do Ambiente para o Desenvolvimento Sustentável, deve ser assumida pelo governo através da definição da política de Defesa Nacional, como sendo documentos condicionantes de mais alto nível do planeamento das acções destinadas a Defesa Nacional, coordenadas pelo Ministério da Defesa”, disse.

De acordo com Mário Có, o Instituto de Defesa Nacional, a União Internacional da Conservação de Natureza e o Instituto da Biodiversidade e das Áreas Protegidas elaboraram um projecto de repovoamento florestal denominado “Projecto de 10 milhões de árvores”, que tem como objectivo dar um significado suplementar a presença dos militares e paramilitares no terreno, através da sua implicação na restauração do património florestal e ambiental.

Por seu turno, o Consultor Nacional do Ministério de Ambiente, Mamadu Bandje, reiterou que as gerações vindouras deste pais também precisam de usufruir de tudo o que a natureza oferece, razão pela qual apela a todo os cidadãos guineenses a salvaguardarem a natureza ambiental para amanhã servir os mais novos.

Mamadu Bandje realçou, por outro lado, que o potencial natural de que o pais se depõe, deve ser convertido de uma forma equilibrada em beneficio de todos os guineenses.

ANG/LLA/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw