Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 17 de Julho de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Caso Manecas Santos/ Comité dos Veteranos da Luta de Libertação Nacional considera detenção ” um acto de cobardia”

2017-06-20

(ANG) - O Comité dos Veteranos da Luta de Libertação Nacional considerou a detenção de Manecas dos Santos de um acto de cobardia, de falta de respeito e uma clara tentativa de humilhar um dirigente de alto nível do PAIGC.



A informação consta numa nota de imprensa desta organização à que a ANG teve hojeacesso.

“Mandar deter o camarada Comandante Manecas Santos não passa de um acto ditatorial do regime comandado pelo Senhor José Mário Vaz e seus acólitos, e uma grave violação dos direitos humanos, pelo simples facto de ter emitido uma opinião numa sociedade que se diz livre, democrática e pluralista”, refere o documento.

Na nota de imprensa, o referido Comité deliberou a libertação incondicional do Manecas Santos, tendo condenado e repudiado com veemência, a forma e os “métodos ditatoriais” utilizados para deter um combatente de liberdade da pátria doente e hospitalizado.

“A situação de detenção de Manecas Santos visa silenciar uma importante voz crítica do actual regime de ditadura comandada pelo senhor José Mário Vaz e seus comparsas, e visa igualmente calar a voz de um Combatente da Liberdade da Pátria de Amílcar Cabral”, de acordo com a nota.

ANG/AALS/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw