Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 13 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Ensino/ SINDEPROF espera que o presente ano lectivo seja melhor que o transacto

2015-09-21

(ANG)- O Sindicato Democrático dos Professores (SINDEPROF) espera que o ano lectivo 2015/2016 seja melhor nas Escolas Públicas em relação ao ano transacto, disse hoje à ANG o seu vice-Presidente.



Eusébio Có disse que o processo do ensino e aprendizagem não pode parar, por isso, o Sindeprof está a trabalhar para a sua melhoria, assim como na aplicação de mudança de letras e implementação da carreira docente.

Segundo Co, apesar de alguns pais e encarregados de educação estarem sem meios financeiros para matricular os filhos devido a crise política que o país atravessa há mais de um mês, o processo de inscrição dos alunos nas Escolas Públicas estão a decorrer de forma normal .

O sindicalista revelou que foram criadas várias brigadas de matrículas nas Escolas Públicas para que os trabalhos das inscrições dos estudantes possam desenrolar regularmente e assim permitir que haja condições para o início do ano lectivo 2015/2016.

Perguntado sobre a relação que existe entre o SINDEPROF e as autoridades do sector do ensino, o Vice-presidente deste Sindicato dos Professores respondeu que, no início do ano lectivo 2014/ 2015 as relações entre as duas partes não foram boas, mas que com o decorrer do tempo, sobretudo no fim do referido ano, a situação veio a normalizar-se.

Eusébio Có apelou as autoridades para estenderem o prazo de matrículas, para permitir que pais e encarregados de educação que ainda não tem dinheiro possam diligenciar no sentido de encontrar meios financeiros para inscrever os filhos.

As escolas publicas ainda fzem a inscrição dos alunos enquanto na maioria das escolas privadas as aulas já se iniciaram.

ANG/PFC/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw