Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sábado, 18 de Agosto de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


França/ Trumph em Paris para as comemorações do dia da Bastilha

2017-07-14

(ANG) - O Presidente norte-americano Donald Trump e sua esposa Melania chegaram hoje de manhã à Paris a bordo do avião presidencial americano Air Force One, para uma visita de 24 horas, no âmbito das comemorações do dia nacional da França.



O casal presidencial americano vai ter 24 horas sobrecarregadas na capital francesa, devendo assistir sexta-feira o desfile militar do14 de Julho, para depois ser recebido no palácio de Elysée para um encontro com seu homólogo, Emmanuel Macron.

Antes do jantar, uma conferência de imprensa conjunta deverá reunir os dois estadistas, e as duas primeiras damas visitarão a catedral Notre-Dame de Paris.

Entretanto a França reforçou a segurança para receber Donald Trumph e a chanceler alemã, Ângela Merkel, convidados de honra de Macron, nos festejos do Dia da Bastilha, na sexta-feira.

Mais de 11 mil polícias e 2.500 bombeiros estão mobilizados pela autarquia da capital francesa para garantir a segurança, num plano que inclui vigilância aérea e fluvial.

Para quinta-feira está agendado um conselho de ministros franco-alemão, que terminará com uma conferência de imprensa conjunta do Presidente francês, Emmanuel Macron, e da chefe do Governo alemão.

O conceito de defesa europeu, a luta contra o terrorismo e o lançamento de uma aliança para o Sahel são os focos da agenda da primeira reunião, que decorre na presença de representantes da União Europeia, o Banco Mundial e Banco Africano de Desenvolvimento.

A menos de três meses das eleições legislativas na Alemanha, será difícil para Paris e Berlim avançarem em questões como a reforma da zona euro, desejada pelo Presidente francês, que defende um ministro das Finanças e um orçamento específico da zona euro.

A partir do fim da tarde, o foco recai sobre Donald Trump, que assistirá ao desfile do feriado nacional francês, que este ano tem os Estados Unidos como país convidado para comemorar o 100.º aniversário da entrada das tropas norte-americanas na primeira guerra mundial.

A luta contra o terrorismo bem como questões em que permanecem diferenças entre ambos os presidentes, como a luta contra as alterações climáticas, estarão no centro das conversas entre os dois líderes.

O encontro entre os dois presidentes tem sido anunciado por ambos os governos como uma ocasião para aprofundar os laços que ligam os Estados Unidos e França.

Na sexta-feira, dia da festa nacional francesa, ou Dia da Bastilha, as tropas dos EUA abrem a parada do tradicional desfile militar nos campos Elísios.

As autoridades francesas salientaram que a sua presença será “simbólica”, que a cooperação militar entre os dois países é “perfeita” e que as relações bilaterais nesta área passam por um momento bom.

ANG/Lusa/Inforpress/Paris Match


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw