Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 19 de Novembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ promete salário mínimo de 81 mil fcfa, caso vencer eleições previstas para 2018

2017-07-24

(ANG) – O Presidente do Partido para a Justiça, Reconciliação e Trabalho (PJRT) promete salário mínimo de 81 mil Francos CFA na Função Pública, caso esta formação política vencer eleições legislativas de 2018.



Durante uma conferência de imprensa domingo, no quadro das comemorações do primeiro aniversário do partido, Malam Nancó fundamentou que os rendimentos do sector pesqueiro guineense podem contribuir para materializar esta medida com os seus “ 350 mil toneladas de pescado por ano”.

O político falou de reformas no sector, nomeadamente a criação duma frota nacional com ajuda de parceiros de desenvolvimento, transformação interna do pescado para gerar mais postos de trabalho e o abastecimento do mercado interno para as populações.

“Não podemos continuar nesta política de receber as compensações de pesca com, por exemplo, nove milhões de euros para beneficiar só um número reduzido de pessoas”, criticou Nancó, referindo ao fundo da compensação da União Europeia que tem um acordo de pesca com o país até final deste ano.

Igualmente, o Presidente do PJRT assegura que, caso esta formação política ganhar o próximo escrutínio, irá, entre outros, mecanizar o sector agrário (que considera base do desenvolvimento do país), proporcionar uma educação de qualidade, infra-estruturar o país com mais estradas e lutar por uma “verdadeira justiça”, visando uma reconciliação efectiva na Guiné-Bissau.

Fazendo o balanço de um ano de vida do partido, o político considera-o de positivo e disse acreditar na vitória no escrutínio de próximo ano.

Por fim, Malam Nancó pediu um “ diálogo sério” inter-guineense para ultrapassar a crise política no país e considera que “só as eleições” não podem resolver os problemas da Guiné-Bissau.

O Partido para Justiça, Reconciliação e Trabalho – Plataforma de Forças Democráticas (PJRT- PFD) foi criado a 08 de Junho de 2016.

ANG/QC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw