Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 25 de Setembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Moçambique/ Patronato diz que encontro entre Nyusi e Dhlakama reduz incerteza

2017-08-07

(ANG) -- A Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA), a maior patronal do país, considerou hoje que o encontro entre o Presidente da República, Filipe Nyusi, e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, reduz a incerteza na economia.



"Este anúncio de prazos concretos [para o encerramento do processo de paz] reduz a incerteza que se tinha sobre o processo de paz e aumenta a confiança do mercado", disse o vice-presidente da CTA, Álvaro Massingue, falando em conferência de imprensa.

Álvaro Massingue considerou um progresso o anúncio feito, em comunicado, pela Presidência da República, de que Filipe Nyusi e Afonso Dhlakama acordaram que até ao final deste ano as delegações do Governo e da Renamo (Resistência Nacional Moçambicana), principal partido da oposição, devem concluir o processo de paz, visando um acordo final.

"A boa nova deste encontro é que é necessário destacar que houve um progresso concreto, tendo sido indicado um prazo para finalizar todo o processo", acrescentou Álvaro Massingue.

Por seu turno, o vice-diretor-executivo da CTA, Eduardo Sengo, assinalou na ocasião que o encontro entre o chefe de Estado moçambicano e o líder da Renamo emite uma mensagem de confiança aos investidores nacionais e estrangeiros.

"A questão que sempre nos tem sido colocada é sobre a paz, os investidores querem saber se vale a pena apostar em Moçambique", declarou Eduardo Sengo.

O Presidente da República de Moçambique, Filipe Jacinto Nyusi, e o líder da Renamo, Afonso Dhlakama, reuniram-se domingo para discutirem os próximos passos do processo de paz, segundo um comunicado divulgado pela presidência moçambicana.

O encontro decorreu na Gorongosa e nele Jacinto Nyusi e Afonso Dhlakama "discutiram e acordaram sobre os próximos passos no Processo da Paz, que esperam que seja concluído até finais do ano".

O comunicado precisa ainda que os dois responsáveis "acordaram que iriam manter o seu diálogo e acompanhar de perto o trabalho das duas comissões, visando um novo encontro, em breve, para preparar os passos finais".

O texto do gabinete de imprensa da presidência de Moçambique foi enviado à agência Lusa, acompanhados com fotos de Nyusi e Dhlakama durante o encontro.

ANG/Lusa


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw