Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 24 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Comunicações
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Media/ Funcionários da televisão pública entregam abaixo-assinado contra censura

2017-09-07

(ANG) - Os funcionários da televisão pública guineense (TGB) anunciaram quarta-feira à direção de informação daquele órgão e ao Governo, que doravante não vão admitir que «haja censura às notícias seja de que natureza for» como, dizem, «tem acontecido ultimamente».



Francisco Indeque, presidente do sindicato dos trabalhadores da TGB, entregou à direção da única estação televisiva do país um abaixo-assinado rubricado por 88 funcionários, no qual informam que não vão admitir que haja mais censura.

O mesmo documento foi também entregue ao ministro da Comunicação Social, Victor Pereira.

«Dos 141 funcionários, 88 assinaram a petição. De agora em diante não vamos admitir censura ao trabalho de nenhuma entidade, seja ela política ou social», observou Francisco Indeque.

Segundo disse ainda, desde a criação da TGB, em 1989, «nunca se viu tanta censura como agora».

«Os responsáveis da televisão chegam a ir para a ´regie´ atrás do jornalista para o coagir sobre as partes de notícias que devem cortar», acusou Indeque, para frisar que os jornalistas decidiram dizer «um basta à censura».

ANG/Lusa


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw