Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 17 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Reforço de capacidades/ Jornalistas recebem formação sobre “Sistema de Qualidade da Africa Ocidental”

2015-10-08

(ANG) - O representante do Director-geral da Industria e Ponto Focal do Programa Sistema de Qualidade da África Ocidental(PSQAO), recomendou aos jornalistas e peritos em comunicação social guineense a sensibilização da sociedade sobre a importância de se ter em conta a qualidade de serviços e produtos do consumo.



Ndjaca Marques Vieira falava quarta-feira na cerimónia de encerramento do ateliê de formação de jornalistas e peritos de comunicação em matéria da cultura de qualidade que decorreu nos dias 6 e 7 do corrente mês, em Bissau.

"Sei que durante os dois dias do curso, aproveitaram conhecimentos suficientes para começarem a divulgar as linhas de orientações da Política Nacional de Qualidade", disse.

Aquele responsável sublinhou que o referido ateliê representa o inicio de um processo que envolve a comunicação social e que deverá alargar-se às outras áreas da vida nacional, de forma a se divulgar os objectivos plasmados para o desenvolvimento da Guiné-Bissau em matéria de Qualidade.

O Presidente do Sindicato de Jornalistas e Técnicos da Comunicação Social(Sinjotecs), Mamadú Candé sublinhou que, terminada a formação, os jornalistas estão agora em condições de poderem fazer a cobertura como deve ser, por estarem armados e capacitados de todos os instrumentos que constam nos Programas de Sistema e Qualidade da África Ocidental.

Durante os dois dias de ateliê, aos participantes foram transmitidos conhecimentos em matéria de Normalização e Certificação na Segurança Sanitária dos Alimentos e Promoção das Exportações, o Papel das entidades de Inspecção na protecção dos consumidores e a promoção das exportações, Infraestruturas de Qualidade, suporte e actividade económica e a protecção da saúde e da segurança dos consumidores.

O seminário foi financiado pela União Europeia num montante não revelado. Após uma primeira fase decorrida entre 2001 e 2005, a segunda fase do Programa da Qualidade da África Ocidental foi lançado em 2007 para um período de cinco anos com o objectivo de reforçar a integração económica regional e o comercio, através de criação de um ambiente que facilite o cumprimento das regras de comercio internacional.

ANG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw