Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 24 de Outubro de 2017
Todas as categorias
Agricultura
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Mon Na lama/ Presidente da República lamenta situação de abandono de bolanhas na região de Biombo

2017-09-19

(ANG) – O Presidente da República disse hoje que as bolanhas da região de Biombo, norte do país se deparam com problemas sérios, uma vez que a maioria delas se encontra num estado de abandono.



José Mário Vaz que falava em declarações aos jornalistas no final da visita que efectuou às bolanhas de Cupul, Zé Henrique, Quisene e de Cupedó, ambos na região de Biombo, disse que todos devem se unir para ultrapassar a situação recuperando as bolanhas para cultivar arroz.

“Biombo perdeu grandes bolanhas e é preciso encontrar recursos para recupera-las. Reafirmo que o futuro da Guiné-Bissau está na agricultura porque sem ela o país não vai para lado algum “disse.

O Chefe de Estado lamentou a situação da bolanha de Cupul uma vez que em 2009 foi recuperada com o seu apoio, tendo lamentado a falta de colaboração da população local que não sabe cuidar do que receberem prometendo contudo voltar a dar a sua ajuda para sua recuperação.

Por seu turno, o ministro da Agricultura e Pecuária, Nicolau dos Santos disse que os lavradores estão tristes por causa das bolanhas estragadas e que o propósito da visita de José Mário Vaz é de, em conjunto, se encontrar formas de recuperação das referida bolanha.

“O processo vai continuar e agradecemos o esforço do Presidente da República apesar de reconhecer que quem tem o dever de fazer este trabalho é o meu Ministério, por isso, ter o Chefe de Estado como colaborador é motivo de grande satisfação e os agricultores estão confiantes que vão encontrar solução para as suas bolanhas ”,referiu.

O Governador da região de Biombo, Bobo Gomes Cá agradeceu o Presidente da República por ter disponibilizado o seu tempo para se inteirar “in loco” da situação das bolanhas daquela localidade, salientando que o êxodo dos jovens para a cidade está na origem da morte lenta das bolanhas naquela zona.

“Por isso, apelamos aos jovens a esforçarem e ajudarem os mais velhos na construção de diques, porque haverá apoios por parte das autoridades nacionais. Nós autoridades local vamos fazer um trabalho de sensibilização no seio da camada juvenil para a mudança de mentalidade. Só trabalhando é que podemos ser bons cidadãos amanha”, exortou.

ANG/MSC/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw