Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 25 de Setembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


ONU/ Genebra acolhe encontro sobre violação dos Direitos Humanos relacionadas a feitiçaria

2017-09-21

(ANG) – A Organização da Nações Unidas (ONU) organiza entre amanhã e sexta-feira, em Genebra, Suíça, um encontro de especialistas em direitos humanos para a procura de soluções dos males ligados a problemática da feitiçaria.



De acordo com o comunicado à que a ANG teve acesso, que cita o “Especialista Independente” sobre direitos humanos de pessoas com albinismo, Ikponwosa Erro (da Nigéria), em muitos países, práticas prejudiciais relacionadas a feitiçaria resultam em “graves” violações dos direitos humanos de milhares de pessoas, nomeadamente torturas, assassinatos, discriminações e expulsões das comunidades.

"Esses ataques e violações, que frequentemente se dirigem a pessoas em situações vulneráveis, incluindo pessoas com albinismo, são surpreendentes pela sua brutalidade", refere o documento.

De acordo com a ONU, existem lacunas nas leis aplicáveis ??e desafios com a implementação e execução, e “muitas vezes os perpetradores não são levados à justiça".

Neste evento de dois dias, participam especialistas da ONU, Estados, académicos e membros da sociedade civil. Realiza-se em parceria com “Witchcraft and Human Rights Network e Lancaster University”, no escritório do Alto-comissário para os Direitos Humanos, na capital suíça.

Na Guiné-Bissau, sobretudo no sul do país (nas regiões de Quinara e Tombali) acontecem casos de tortura e até de mortes de indivíduos de terceira idade acusados de feitiçaria.

Segundo a Associação de Defesa dos Albinos da Guiné-Bissau, muitos associados são alvos de discriminações nas respectivas famílias e comunidades.

ANG/QC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw