Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 24 de Outubro de 2017
Todas as categorias
Desporto
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Campeonato/ defeso/ Adeptos em Bigene espancam agentes de segurança

2017-09-28

(ANG) – Os Adeptos da equipa de Malibulotó, tabanca de Talicó, no sector de Bigene zona norte do país espancaram quarta-feira dois agentes de segurança que mantinha a ordem durante o jogo com a equipa de Secina, para o campeonato de Defeso da zona 1.



Segundo a Rádio Sol Mansi, o presidente da comissão organizadora do campeonato, Carfa Sonco, explicou que tudo começou com uma reclamação dos adeptos de Malibulotó que acusaram o árbitro de estar a favorecer a equipa adversária, de seguida proferiram insultos aos organizadores do evento.

De acordo com a responsável do centro de saúde de Bigene, Regaldina Pereira Martins, os agentes vitimas de agressão um teve fractura no crânio e outro no nariz.

Carfa Sonco disse que todas as equipas foram previamente avisadas que se houver necessidade deviam proceder a reclamação de maneira formal, mas não através de violência e muito menos com agressões, e neste caso concreto contra os agentes, um da ordem pública e outro da guarda nacional, Esclareceu ainda que, estando a vencer por uma bola a zero, a equipa de Malibulotó respondeu com agressão contra o juiz e os agentes de segurança quando foi-lhes assinalado um penálti contra.

De acordo com este responsável, um cidadão foi igualmente brutalmente espancado quando tentou acalmar os ânimos aos adeptos exaltados.

A responsável do centro de saúde de Bigene disse que as vitimas já foram transportadas para o Hospital de Ingoré, devido a falta de condições de atendimento em Bigene. Entretanto, a polícia local deteve todos os implicados na agressão.

ANG/JD/JAM


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw