Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 17 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Crise Politica/ Presidente Vaz insiste para retirada de algumas personalidades da lista de novo governo

2015-10-12

(ANG) - O Presidente da República recusou pela terceira vez a lista dos nomes propostado pelo Primeiro-ministro, Carlos Correia para a formação de um novo Governo.



Em declarações a imprensa hoje a saída do encontro com o Presidente da República, o chefe do executivo disse que provavelmente os guineenses não terão o governo hoje, “porque o Chefe de Estado insiste em retirar alguns nomes da minha lista e nós não vamos aceitar isso, porque já fizemos todas as concessões necessárias para que pudéssemos ter um governo. Infelizmente não foi o caso”, manifestou-se indignado Carlos Correia.

Carlos Correia lamentou que apesar dos esforços do ex-presidente da Nigéria, Olessegun Obanssanjo não conseguiram chegar a um acordo porque o Presidente José Mário Vaz contrariamente ao que diz a Constituição da República e o Acórdão do Supremo Tribunal de Justiça insiste em riscar nomes da lista proposta pelo Primeiro-ministro para a formação do novo governo.

O Presidente recebeu também em audiência o Representante da ONU na Guiné-Bissau que a saída do encontro explicou terem partilhado com José Mário Vaz algumas informações e reflexões.

Questionado sobre as declarações do Primeiro-ministro no que concerne a recusa de alguns nomes da nova lista apresentada hoje ao Chefe do Estado, Miguel Trovoada disse que não pode comentar porque não está bem informado acerca do assunto.

O Representante de Ban ki-Moon disse esperar que a crise seja ultrapassada brevemente, pois passaram ja dois meses que o país está sem governo.

De acordo com este diplomata, tal facto traz prejuízos muito grande. "Há uma grande preocupação", referiu. ANG/MSC/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw