Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sábado, 25 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Desporto
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Futebol/ Diretor-geral do Benfica (Serifo Sow) demitiu-se

2017-10-18

(ANG) - O diretor-geral do Sport Bissau e Benfica Serifo Sow, disse terça-feira que se demitiu de funções «com efeito imediato», por discordar do apoio que o clube tem dado à atuação da Federação de futebol guineense.



Segundo a agência Lusa, Serifo Sow não concordou com o facto de as águias se terem posicionado ao lado da Federação no congresso da instituição realizado durante o fim de semana e boicotado por mais de 20 clubes guineenses, por não concordarem com as contas apresentadas.

O dirigente demissionário considera «inaceitável» que o Benfica tenha apoiado e votado favoravelmente as contas da Federação, quando se sabe que o clube foi eleito recentemente para a vice-presidência da Liga Guineense de Clubes, que aconselhava o chumbo do documento.

Na sequência do congresso da Federação, com o qual 21 dos 38 clubes inscritos, não concordaram, estes anunciaram que ponderam não participar no próximo campeonato de futebol guineense da 1.ª Divisão, que deverá ter início ainda este mês.

Serifo Sow disse que «já vinham de trás algumas incongruências do Benfica» em relação ao comportamento da Federação que, afirmou, ser «de total desrespeito pelos estatutos e pelos seus associados».

«Já no campeonato passado, o Benfica furou uma greve dos clubes, que queriam boicotar o campeonato nacional para pressionar a Federação a corrigir as irregularidades e agora volta a estar no Congresso quando a maioria de clubes disse para o boicotar», defendeu Serifo Sow.

O Benfica de Bissau é liderado pelo empresário português Sérgio Marques, que atualmente se encontra em Portugal.

De acordo com a Lusa, uma fonte do clube encarnado, bicampeão nacional na Guiné-Bissau, confirmou o pedido de demissão de Serifo Sow e adiantou ainda que Sérgio Marques deve regressar à Bissau brevemente.

ANG/Lusa


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw