Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 13 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Novo Governo/ Presidente da República publica Decreto que nomeia elenco governamental de Carlos Correia

2015-10-13

(ANG) - O Presidente da República José Mário Vaz tornou publico na noite de segunda-feira o Decreto Presidencial que nomeia os membros do Governo de Carlos Correia volvidos dois meses apos ter demitido o executivo liderado por Domingos Simões Pereira.



No Decreto 12/2015, divulgado, José Mário Vaz refere que a nomeação dos membros do Governo é uma competência partilhada entre o Primeiro-ministro e o Presidente da República, devendo reflectir uma convergência que não foi possível na totalidade dos nomes propostos.

O decreto justificou que o prolongamento das discussões tendentes a uma melhoria substantiva da proposta do elenco governamental não é compatível com a necessidade e urgência da nomeação do novo executivo.

"O benefício resultante dessas discussões é menor do que os prejuízos causados pela não nomeação do Governo", acrescenta o documento.

O chefe de Estado nomeou 15 ministros e 14 secretários de Estado, mas ficaram por designar os ministros da Administração Interna e Recursos Naturais, pastas que serão assumidas interinamente pelo Primeiro-ministro.

No referido elenco que integra oito mulheres, Malal Sané, é o novo ministro da Presidência do Conselho de Ministros e dos Assuntos Parlamentares.

O número dois do novo governo é jurista formado em Portugal que já se ocupou da mesma pasta nos anos 90, na era do Presidente Nino Vieira e quando Carlos Correia era Primeiro-ministro.

Sané é quadro do Ministério das Pescas e um dos membros do gabinete jurídico do PAIGC, partido do Governo.

Artur Silva é o novo ministro dos Negócios Estrangeiros, é também um quadro do Ministério das Pescas, mas que também se destacou enquanto funcionário do Ministério dos Negócios Estrangeiros na qualidade de Director-geral da Cooperação.

Foi ministro da Defesa Nacional, das Pescas e director-geral da Cooperação Internacional durante vários anos, mais tarde ministro da Educação e era conselheiro diplomático do ex-Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira.

A outra novidade é a ministra da Defesa guineense, Adiatu Nandigna, que até então desempenhava as funções de conselheira político-diplomática do Presidente José Mário Vaz.

Foi ministra da Juventude, Cultura e Desporto, mais tarde chefe da diplomacia e posteriormente ministra da Presidência do Conselho de Ministros até ao golpe militar de 12 de Abril de 2012.

As outras novidades recaem sobre os nomes de Aida Injai Fernandes, ministra da Justiça, Aníbal Fernandes, titular da pasta da Função Publica e Trabalho, Malam Jaura, ministro do Turismo e Artesanato. Jaura era até então secretario geral do Ministério do Comércio.

Aida Injai é jurista, desempenhava até então as funções de Presidente da Comissão Nacional dos Direitos Humanos, tutelada pelo Ministerio da Justiça.

Geraldo Martins,(Economia e Finanças) José António da Cruz Almeida(Obras Públicas, Construção e Urbanismo) e Odete Semedo(Educação Nacional) foram reconduzidos nas funções que desempenhavam no governo liderado por Domingos Simões Pereira, demitido em Agosto passado.

Entre os novos secretários de estado destaca-se a entrada nas lides governamentais do cineasta, Sana Nahada, nomeado, Secretario de Estado dos Combatentes da Liberdade da Pátria.ANG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw