Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Todas as categorias
Desporto
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Futebol/ "Djurtus" afastados da corrida para Mundial 2018

2015-10-14

(ANG) – A Selecção Nacional da Guiné-Bissau (Djurtus), foi derrotada terça-feira por três bolas a uma (3-1) pela sua congénere da Libéria na partida da segunda mão da pré-eliminatória para o Mundial 2018 a realizar-se na República Federativa da Rússia.



Os Djurtus estiveram a perder por uma bola sem resposta logo nos primeiros nove minutos da primeira parte do jogo, golo apontado por intermédio de Sig Williams atacante Liberiano que actua na segunda divisão do campeonato Espanhol.

Perdendo em casa durante a primeira metade do jogo, a turma nacional mostrou-se pouco confiante de querer dar volta no resultado, pelo menos pela forma como estava a jogar.

O segundo golo da Libéria foi igualmente marcado por Sig Williams apontado nos doze minutos da primeira parte, deixando assim os adeptos dos Djurtus ainda mais desesperançados no sonho para o apuramento para o Mundial 2018.

Nos restantes minutos da primeira metade do jogo, a turma nacional reagiu sobre o adversário e conseguiu reduzir o resultado por duas bolas a uma (2-1), golo apontado por Cícero que aproveitou um cruzamento de canto e afastou o esférico de cabaça para o fundo da baliza da equipa adversária.

Apôs o intervalo do jogo, a turma nacional superou-se na qualidade do jogo tendo feito tudo para dar volta ao resultado.

Nesse esforço a turma guineense viu anulado um golo apontado por Braima Cassama aos 17 minutos da segunda parte, lance que provocou muitos protestos por parte dos jogadores e dos adeptos.

A caminho dos 90 minutos Williams voltou a aparecer para fixar o resultado final em 3-1.

No fim do jogo, o Primeiro-ministro, Carlos Correia disse a Imprensa que a equipa nacional necessita de mais preparação para poder estar a altura de participar nas competições internacionais.

“Nem sei dizer o que aconteceu hoje para sermos eliminados em casa num jogo que, no meu ponto de vista, estava ao nossa alcance”, disse Bocundji Cá, o Capitão do conjunto guineense que manifestou a sua indignação pelo facto de ter sido substituído na segunda parte do jogo. "Estive bem durante a partida", considerou.

Por seu turno, o autor do golo anulado da turma nacional, Braima Cassama criticou a decisão do juiz principal da partida, o nigeriano Edibi Piter, e por outro lado, apela aos adeptos e colegas no sentido de acreditarem na superação desta fase negativa da selecçäo.

ANG/LLA/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw