Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sábado, 25 de Novembro de 2017
Todas as categorias
Ensino
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Ensino público/ Ausência de alunos nas salas de aulas preocupa Directores de alguns Liceus

2017-10-25

(ANG) – Os directores dos três Liceus da capital Bissau, entre os quais “Rui Barcelo da Cunha, Agostinho Neto e Kwame Nkrumah, mostraram-se hoje preocupados com a fraca afluência de alunos nas salas de aulas,aberto que já está o novo ano lectivo- 2017/18.



Numa auscultação feita hoje pela Agência de Notícias da Guiné (ANG), o Subdirector do Liceu Nacional Kwame Nkrumah, Carlitos Na Lama disse que desconhece o motivo dessa falta de comparência dos alunos.

De acordo com o Subdirector daquele estabelecimento escolar, é de conhecimento de todos, que neste momento os dois sindicatos do sector educativo ainda não decretaram a greve que podia constituir o motivo dos alunos ficarem em casa.

Acrescentou, por outro lado, que o Livro de Ponto já foi colocado em todas as salas de aulas, e os professores já estão a marcar faltas aos alunos.

“Produzimos comunicados para cinco rádios da capital Bissau, com a intenção de ver se realmente a informação faria com que os alunos iniciassem as aulas na Segunda-Feira, mas não foi o caso”, revelou aquele responsável.

Por seu turno, o Director do Liceu Agostinho Neto, Samuel Fernandes Mango, disse que a mesma situação que se verifica estabelecimento do ensino que dirige.

“Já reunimos as mínimas condições para arrancarmos o ano, mas até então tanto os alunos assim como os professores, continuaram a não marcar presença na escola”, disse o Director.

Relativamente a situação, Fernandes Mango adiantou que a direcção da escola já está a marcar faltas aos professores e alunos que não comparecem.

O Director do Liceu Rui Barcelo da Cunha, Demba Baldé queixa-se, por seu lado de fraca afluência de alunos às matrículas.

“Temos elevados números de professores e poucos alunos, razão pela qual alguns professores ficarão sem horário este ano no Liceu Rui Barcelo da Cunha” informou aquele responsável.

Segundo o Director, a direcção do liceu Rui Barcelo da Cunha estará pronto para iniciar o novo ano lectivo 2017/18, na próxima Segunda-feira, porque perdeu muito tempo a espera que os alunos compareçam na escola para efectuarem as suas matrículas.

ANG/LLA/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw