Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 22 de Julho de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


França/ Macrom e Condé condenam denuncias de escratura na Líbia

2017-11-30

(ANG) - O chefe de Estado francês e o presidente em exercício da União Africana reuniram-se quarta-feira em Paris. Emmanuel Macron e Alpha Condé, respectivamente, condenaram as denúncias de escravatura na Líbia



As crises que abalam o continente negro não deixaram de merecer a atenção dos dois estadistas, a começar pela instabilidade na Líbia e as denúncias de casos de escravatura.

"É um crime contra a humanidade. É também uma das forma de tráfico mais rentáveis que alimenta as delinquências mais graves e em certa medida as redes terroristas.", disse Macron O presidente francês exigiu medidas concretas do Conselho de segurança da ONU a este respeito.

Por seu lado, o chefe de Estado da Guiné Conacri denuncia o papel dos europeus neste dossier.

"Achamos que os nossos amigos da União Europeia não tiveram razão ao pedir à Líbia para conservar os imigrantes porque a Líbia não tem meios para tal e atravessa grandes dificuldades. Na Líbia não há governo, logo a União Europeia não pode escolher um país sem governo para lhe pedir que aí retenha os refugiados. Sabemos que a Líbia não dispõe de meios para o efeito", disse Condé.

ANG/RFI


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw