Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 25 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Saúde
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Paludismo, diarreia e pneumonia- doenças mais frequentes neste período

2015-06-22

(ANG) - O paludismo, a diarreia e pneumonia, sobretudo nas crianças, são as doenças mais frequentes neste período do ano na região de Biombo, disse a ANG, Pilar Helena Wil, parteira no Centro de Saúde Regional, sedeado em Quinhamel.



Em entrevista à Agência de Noticias da Guiné(ANG),Pilar Eva Helena Wil, explicou que os casos de paludismo aumentam neste período do ano devido ao movimento das pessoas das suas zonas de origens para outras em campanha de comercialização da castanha de caju.

'Nestas deslocações dormem sem tendas', sublinhou realçando a importância das tendas na prevenção desta doença.

Pilar Wil exorta as pessoas a acatarem os conselhos que lhe são dados pelos tecnicos de saude sobre a necessidade de dormirem debaixo das tendas impregnadas distribuídas pelo Ministério de Saúde Pública Já sobre a diarreia, relacionou esta doença à qualidade de água ou a forma de preparação de alimentos que a população consome.

A parteira aconselha a população local a desinfeção da água, e lavagem dos alimentos e das mãos antes das refeições. O centro regional de Saúde de Biombo, segundo a parteira, esta bem apetrechado de medicamentos.

Wil disse que o referido centro é abastecido de medicamentos regularmente pela ONG portuguesa “PIME” que actua na área de redução da mortalidade infantil na Guiné-Bissau. Disse que os casos graves, que ocorrem de vez em quando, e que exigem intervenção cirúrgica ou gravidas em risco, são evacuados para Bissau.

O centro conta com dois médicos, duas parteiras e varias enfermeiras, e conta com assistência regular de professores cubanos e novos técnicos formados na escola de saúde local.

E dispõe de uma ambulância que faz a evacuação de doentes nas diferentes tabancas daquela região.

ANG/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw