Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 26 de Setembro de 2017
Todas as categorias
Economia
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Cooperação financeira/ Governo e Banco Mundial relançam programas suspensos em Agosto

2015-10-21

(ANG)- O Governo da Guiné-Bissau e o Banco Mundial analisaram hoje os mecanismos do relançamento de programas daquela instituição fiananceira mundial no país, interrompidas ha dois meses por causa da queda do executivo de Domingos Simões Pereira.



Falando aos jornalistas depois do encontro, o ministro da Economia e Finanças disse que discutiram entre outros, os projectos apoiados por esta organização de Breten Woods nas áreas de energia sobretudo na aquisição de combustíveis para a Empresa de Electricidade e Aguas da Guiné-Bissau.

Geraldo Martins disse que o segundo ponto tem a ver com os projectos de reengajamento mútuo em relação aos compromissos assumidos com os parceiros durante a Mesa Redonda de Bruxelas onde este se comprometeu em apoiar o país com um valor a rondar os 150 milhões de dólares.

Informou que o terceiro ponto é um financiamento inovador criado recentemente pelo Banco Mundial e de que a Guiné-Bissau deverá ser o primeiro beneficiário.

O ministro das Finanças informou ainda que discutiram igualmente com o Banco Mundial um financiamento com duração de três anos para as áreas pré-selecionadas, tais como a energia , educação, transportes , investimentos no Porto de Bissau e outras infraestruturas num valor que oscila entre 45 à 50 milhões de dólares.

Falando do financiamento para aquisição de cabos de conecção a partir da Barragem de Caleta, na vizinha Guiné-Conakri, o ministro da Economia e Finanças adiantou que o financiamento em causa entra no pacote dos compromissos da Mesa Redonda e já foi aprovado, salientando que já é um dado adquirido.

Na reunião participaram, além da Directora do Banco Mundial para as operações na Guiné-Bissau Luise Courd , os ministros da Educação , Energia , Saúde e o Secretário de Estado dos Transportes e Comunicações .

ANG/MSC/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw