Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 18 de Outubro de 2018
Todas as categorias
Justiça
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Alegada tentativa de assassinato do CEMGFA/ LGDH constitui advogados para militares acusados

2018-01-18

(ANG) – O Presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH) revelou que os seis militares suspeitos de alegada tentativa de assassinato do Chefe de Estado Maior Geral das Forças Armadas e detidos na Base Aérea já têm Advogado da defesa.



Augusto Mário da Silva que falava quarta-feira em exclusivo a Rádio Sol Mansi, informou que tudo foi graças ao fundo disponibilizado pelo Centro de Acesso a Justiça para o pagamento dos causídicos.

Sustentou que os advogados antes contratados para a defesa dos suspeitos não tinham de convencer o tribunal de que os mesmos são inocentes.

Augusto Mário da Silva declarou que por enquanto os processos da indigitação ainda estão sendo concluídos, o Bastonário da Ordem dos Advogados vai assumir a responsabilidade de acompanhar os suspeitos para o tribunal caso houver necessidade.

Por isso, exortou aos familiares dos suspeitos no sentido de contactarem a Ordem dos advogados assim que forem notificados pelo tribunal.

“A ninguém pode ser negado a justiça, porque tem dificuldades económicas de contactar um advogado”, advertiu o Presidente da LGDH, que aproveitou para reconhecer que a situação de detenção dos suspeitos melhorou significativamente, sobretudo em relação a refeição, mas no entanto continuam a precisar de uma casa de banho.

Conforme a Rádio “Sol Mansi” o número dos suspeitos subiu de quatro para seis, porque nos dias 22 e 26 de Dezembro último duas pessoas outras suspeitas foram detidas e cujos nomes não foram revelados.

ANG/LPG/ÂC/JAM


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw