Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 19 de Julho de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ Comité Central do PAIGC aprova Moção de Solidariedade para com a família dos guineenses mortos na fronteira

2018-02-20

(ANG) – O Comité Central do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde(PAIGC), aprovou uma Moção de Solidariedade para com a família dos cidadãos guineenses mortos na fronteira com o Senegal e exige esclarecimentos as autoridades competentes do país vizinho.



A informação consta na resolução final da primeira reunião extraordinária do Comité Central do PAIGC, realizada no passado dia 17 de Fevereiro e presidido pelo presidente do partido, Domingos Simões Pereira.

O Comité Central dos libertadores aprovou uma Moção de Solidariedade para com os Professores Nacionais pela celebração do dia 17 de Fevereiro data instituída como o Dia dos Professores Guineenses.

Este órgão máximo do partido no intervalo do Congresso, reconduziu Aly Hijazi ao cargo do Secretário Nacional do PAIGC e foi votado por unanimidade num universo de 308 membros do Comité Central (CC).

O presidente dos libertadores felicitou os membros do CC por terem reconhecido o mérito dos trabalhos desenvolvidos com dedicação pela nova direção

Simões Pereira destacou que existem enormes desafios e que os militantes são poucos para os resolver, apelou a unidade e coesão no seio do partido, como factor para a reconquista dos direitos usurpados, apesar de serem vencedores das últimas eleições de 2014.

Domingos Simões Pereira apelou aos paigcistas à uma maior dedicação e cumprimento dos superiores interesses do partido, como condição para o fortalecimento do PAIGC e para adotá-lo de capacidades para enfrentar os novos desafios de futuro.

Defendeu a necessidade de um reforço organizacional ao nível das diferentes estruturas do partido, de modo a serem ágeis e operacionais para estarem à altura de responder, de forma concreta, aos desafios que têm pela frente.

ANG/JD/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw