Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 18 de Novembro de 2018
Todas as categorias
Justiça
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ Nações Unidas e União Europeia mobilizam fundos para próximas eleições na Guiné-Bissau

2018-03-23

(ANG) - As Nações Unidas e União Europeia promoveram no passado dia 20, em Dacar, no Senegal uma mesa-redonda destinada a mobilizar fundos para apoiar as eleições legislativas (2018) e presidências (2019) na Guiné-Bissau.



Segundo um comunicado conjunto enviado hoje à ANG, a iniciativa envolveu parceiros internacionais da Guiné-Bissau residentes no Senegal, e ocorre uma semana depois de o governo guineense e as Nações Unidas terem assinado no dia 09 do corrente mês em Bissau um documento de projecto de apoio ao ciclo eleitoral 2018-2019.

Durante o encontro foi apresentado o documento do projecto com uma análise da situação política da Guiné-Bissau, destacando a necessidade imperiosa de apoio da comunidade internacional para a realização dos próximos ciclos eleitorais.

Segundo comunicado conjunto, os presentes mostraram o interesse em apoiar e espera-se uma reação positiva da comunidade internacional.

O documento assinado em Bissau propõe a criação de um fundo comum de doações para financiamento do escrutínio, incluindo a atualização do recenseamento e as operações eleitorais.

O processo eleitoral guineense está orçado em 7,7 milhões de dólares dos quais um milhão de dólares já foi garantido pelo governo da Guiné-Bissau.

Intervindo em Dacar, o representante especial adjunto do Secretário-geral da ONU e igualmente Representante residente do PNUD, afirmou que “apoiar o processo eleitoral para garantir eleições legislativas inclusivas, livres e credíveis em 2018, dentro do prazo legalmente determinado deve ser uma das prioridades das Nações Unidas, conforme estabelecido pela última Resolução do Conselho de Segurança”.

Por sua vez,Victor Madeira dos Santos, Embaixador da União Europeia em Bissau, referiu que “a missão a Dacar também serviu para informar aos parceiros internacionais sobre os desenvolvimentos relacionados com a organização das eleições legislativas e presidenciais”.

ANG/AALS/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw