Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Sábado, 20 de Outubro de 2018
Todas as categorias
Destaques
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Defesa/ Ministro cessante lamenta falta de meios nos quarteis do país

2018-03-29

(ANG) - O ministro cessante da Defesa Nacional lamentou hoje a falta de meios com que os militares se deparam em todos os quarteis do país.



Imagem Ilustrativo Eduardo Costa Sanhá que falava na cerimónia de abertura de uma palestra financiada pela Fundo Monetário Internacional (FMI) e destinada as chefias militares e paramilitares da Guiné-Bissau, disse que, pelas suas características, as Forças Armadas devem estar dotadas de recursos suficientes para fazer face aos desafios que lhe são impostos.

Sublinhou que as Forças Armadas da Guiné-Bissau não fazem pressão ao governo e que se limitam a conformar-se com o que é disponibilizado para a satisfação das suas necessidades.

“As nossas Forças Armadas não têm um único avião de guerra, nem meios navais para a defesa da nossa integridade territorial. A Guiné-Bissau tem mais de 80 ilhas e ilhéus e muitas destas estão desabitadas, por isso é que a falta de meios dificulta, sobremaneira, o trabalho de controlo do espaço territorial.

Eduardo Costa Sanhá referiu que a vontade de trabalhar não falta aos efectivos das Forças Armadas e explicou, a título de exemplo, que reabilitaram alguns dos seus edifícios com escassos meios que o governo colocou as suas disposições.

Na palestra que ainda termina hoje serão apresentados as actividades levadas a cabo pelas Forças Armadas com fundos disponibilizados pelo governo, e perspectivas futuras.

ANG/AALS/ÂC/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw