Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 21 de Maio de 2018
Todas as categorias
Justiça
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Homicídio/Chão de Papel/ Octaviano Silva condenado a 12 anos de presão efectiva pelo Tribunal Regional de Bissau

2018-05-08

(ANG) – O Tribunal Regional de Bissau condenou hoje o jovem guineense Octaviano da Silva de 24 anos à prisão efectiva de 12 anos e pagamento de uma indeminização de dez milhões de francos CFA aos familiares do malogrado Emerson Seidi, de 18 anos, por crime de homicídio que teria cometido em Novembro de 2017.



O Tribunal Regional fundamenta a decisão pela confissão plena do crime por parte do reu na sessão de audiência perante a família da vítima.

O acórdão refere que Octaviano da Silva agiu da forma livre, consciente e deliberada, visto que podia ter actuado da outra maneira, devido a incapacidade de defesa do malogrado e que a sua conduta é reprovável pela sociedade.

O advogado da vítima, Mussa Sanhá, em declarações á ANG momentos após a leitura da sentença, disse que está satisfeito com a decisão do Tribunal .

Contudo, afirmou que é uma decisão razoável que carece de uma análise juntamente com o pai do falecido para debater a possibilidade de recorrer ao Tribunal Regional de Bissau para agravar a medida caso for necessário.

Por seu lado, o advogado do condenado recusou prestar declarações á imprensa. No passado dia 30 de Novembro de 2017, pelas 12 h 45 minutos o reu Octoviano Silva, que foi ferido com uma garrafa na mão na tentativa de evitar uma briga entre o falecido Emerson Seidi e um outro colega, em jeito de vingança acabou por tirar a vida ao seu colega de bairro, cerca de um mês depois da briga .

Octaviano Silva pedreiro e estudante de 2º ano na Escola Nacional de Administração confessou o crime tendo mostrado o seu arrependimento e pedido desculpas à familiares da vítima.

ANG/LPG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw