Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 25 de Setembro de 2018
Todas as categorias
Saúde
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Saúde pública/ Consumidores criticam vendas de géneros alimentícios no chão dos mercados

2018-05-08

(ANG) – Os consumidores criticaram hoje a forma como as feirantes vendem géneros alimentícios no chão em diferentes mercados da capital, nomeadamente, peixe, legumes, e mariscos.



Numa auscultação feita pela ANG, Carla Mendes Tavares, Dalá Mané e Siren Darame, foram unânimes em apelar aos consumidores para não comprarem produtos vendidos no chão.

Para a estudante Carla Mendes Tavares, os produtos alimentares devem ser bem protegidos e conservados. O lugar onde se vende precisa ser limpo senão pode representar uma ameaça à saúde dos consumidores.

Carla defende que as vendedeiras devem usar sempre as mesas para colocar os seus produtos a fim de protege-los das bactérias ou outros micróbios.

Por sua vez, a peixeira, Sirem Darame disse que muitas donas de casa compram os produtos no chão e as vezes não os lavam com paciência e nem os desinfeta com lixivia, o que não é bom para a saúde.

Exorta as vendedeiras para mudarem de comportamento, vendendo produtos alimentícios com segurança higiénica necessária.

Disse que, em muitas ocasiões, as vendedeiras ficam aborrecidas se forem alertadas do perigo que estão a provocar à sociedade.

Siren Darame disse que algumas consumidoras optam por comprar alimentos na mesa porque estes oferecem melhores condições higiênicas para o consumo.

A estudante, Dalá Mané disse que os produtos devem ser bem protegidos sobretudo, o camarão seco, alface, malagueta e outros que não são cozidos antes de serem consumidos.

Apela aos consumidores a comprarem produtos que estão em boas condições a fim de proteger a saúde.

ANG/JD/DMG/ÂC/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw