Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 18 de Junho de 2018
Todas as categorias
Destaques
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Finanças pública/ Governo proíbe pagamentos e recebimentos em dinheiro fresco nas operações que envolvem entidades públicas

2018-05-31

(ANG) - O governo da Guiné-Bissau ordenou a proibição dos pagamentos e recebimentos em numerário (dinheiro) nas operações que envolvem as entidades públicas.



A informação consta num despacho produzido terça-feira pelo Primeiro-ministro enviado hoje à ANG.

De acordo com o mesmo despacho, as operações de pagamentos e recebimentos devem ser efectuadas através dos bancos do país.

“Esta nova medida do governo abre exceções aos serviços hospitalares bem como serviços públicos localizados nas regiões ou sectores, que não têm condições de bancarizar as receitas provenientes de pagamentos”, referiu o despacho.

No mesmo documento, o governo pondera igualmente aplicar um regime especial de fiscalização e de cobranças para as entidades públicas que não observarem as disposições emanadas no despacho.

“A proibição de pagamentos e recebimentos em numerário faz parte de um conjunto de medidas que o executivo implementa visando o resgate da reputação e imagem das instituições públicas perante os contribuintes e parceiros de desenvolvimento”, refere o documento.

No despacho, o governo informa que as referidas restrições são sustentadas pelos últimos relatórios de auditoria do Tribunal de Contas que apontam evidências de graves irregularidades na gestão de fundos públicos por entidades públicas auditadas.

ANG/AALS/ÂC//SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw