Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 16 de Outubro de 2018
Todas as categorias
Economia
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Campanha de caju/ “Associação de Intermediários aguarda com espectativa teor do acordo alcançado entre Governo e um grupo vietnamita”, diz Quecuto Baió

2018-08-14

(ANG) – O Presidente de Associação Nacional de Intermediários de Negócios da Guiné-Bissau(ANINGB), Quecuto Baió, disse hoje que os seus associados aguardam com espectativa o teor de acordo assinado, na semana passada, entre o Ministério de Comercio e um grupo vietnamita para salvação da presente campanha de caju.



Em entrevista exclusiva à ANG, Quecuto Baió, saudou a iniciativa do governo na busca de soluções para presente campanha de comercialização de castanha de caju e disse que aprova toda a iniciativa que visa resgatar a castanha junto dos produtores neste período chuvoso.

De acordo com o responsável da Associação dos Intermediários, todas as medidas que vão ser implementadas no sector de caju, devem respeitar o espírito da fileira de caju, tendo em conta os interesses dos produtores, intermediários e exportadores.

"Qualquer tentativa de subtrair um desses elementos só vai agravar ainda mais a situação de sector de caju", diz Quecuto Baió Baió exortou ainda o Ministério do Comércio a envolver os intermediários no processo de comercialização da castanha para viabilizar o acordo, que segundo ele, ninguém pode intervir directamente juntos dos agricultores de caju sem intermediários.

Disse que tomaram conhecimento do assunto através dos órgãos de comunicação social e, de imediato, contactou o ministro de Comercio, que prometeu envolver todas as entidades ligadas a comercialização de caju para implementação do acordo alcançado com os vietnamitas.~ Prometeu se posicionar melhor depois do retorno ao país da delegação do Ministério de Comércio que ainda se encontra no Vietnam.

Segundo o acordo , os empresários vietnamitas, se comprometeram a comprar entre 150 à 200 mil toneladas de castanha de caju juntos aos produtores nacionais.

ANG/DMG/CP/ÂC//SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw