Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Dia Mundial da Juventude/ Primeiro-ministro apela reflexão profunda sobre a vida dos jovens

2018-08-14

(ANG) – O Primeiro-ministro, Aristides Gomes apelou a classe juvenil guineense para uma reflexão profunda sobre o seu futuro.



Aristides Gomes, em mensagem, no âmbito das celebrações de 12 de Agosto, Dia Mundial da Juventude, sob lema, "Garantir um espaço seguro para os jovens" , disse que a Guiné-Bissau fazendo parte do concerto das Nações, associa-se a vários países do mundo para celebrar a efeméride na qual todos são interpelados a melhorar as políticas e estratégias, sejam elas pessoais ou coletivas, a fim de servir como combustível que alimenta a sustentabilidade na integração e valorização dos jovens.

"A data de hoje nos convoca a reflexão profunda sobre a vida da juventude. Mas antes de aflorá-la, apraz-me, enquanto Primeiro-ministro e Chefe do Governo, endereçar os meus melhores cumprimentos a todos os jovens da Guiné-Bissau para lhes reafirmar a minha solidariedade neste dia tão importante para a nossa juventude e Mundo em geral," disse Aristides Gomes.

Para o Chefe do executivo, o valor da juventude é inestimável, quando é bem aproveitado, e que, no caso concreto da Guiné-Bissau, a existência e essência do Estado guineense é suportado pela juventude, com a exaltação e o vigor juvenil a serem cada dia mais notórios na vida das populações.

Sublinhou no entanto que este facto expressa o reconhecimento de todos, principalmente do governo naquilo que tem a ver com o investimento na camada jovem.

Segundo Gomes, o investimento na camada jovem deve consubstanciar-se na formação, nas suas diversas dimensões e abrangendo sectores chaves da sobrevivência e qualidade de vida.

"Ou seja, a saúde, o emprego e maximização de talentos ou incentivo ao empreendedorismo, assim como a inserção nas comunidades académicas e de investigações científicas", disse .

Aristides Gomes frisou, por outro lado, que só com jovens capacitados, produtivos e suficientemente ponderados é que o pais pode fazer face aos males que afetam a sociedades guineense, nomeadamente o radicalismo violento, a delinquência juvenil, a imigração perigosa e clandestina sub-regional e mundial que a globalização impõe.

Aristides Gomes realçou ainda que enquanto autoridade competente, vão assumir mais uma vez o compromisso de acompanhar, incentivar e criar condições para a implementação da Política Nacional da Juventude e demais documentos estratégicos para o sector, com o enfoque no "roteiro da União Africana, para o aproveitamento do dividendo demográfico" cujos processos estão a ser concluídos a fim de conduzir a adaptação de um documento nacional para o efeito.

ANG/LLA/ÂC//SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw