Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 10 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


África Sul/ Arrancou a investigação "captura do Estado

2018-08-23

(ANG) – A investigação sobre a “Captura do Estado”, o maior escândalo de corrupção que envolve o ex-chefe de Estado Jacob Zuma e que o levou a abandonar o cargo já decorre em Joanesburgo.



Trata-se da presumível ligação entre ministros do governo de Jacob Zuma e a riquíssima família de homens de negócios, os Gupta. De acordo com o ministro das Finanças, milhares de euros desapareceram dos cofres do Estado e foram parar aos bolsos da família “Gupta” com a cumplicidade de Jacob Zuma.

A família de homens de negócios chegou a nomear ministros, escolher presidentes de empresas públicas que lhe eram “favoráveis” ou influentes nas escolhas políticas do governo.

O escândalo foi tornado público há dois anos pela mediador da República no seu relatório, uma investigação que o ex-chefe de Estado tentou silenciar a todo o custo.

Jacob Zuma foi obrigado a demitir-se no início deste ano e a justiça acabou por tratar o dossier e criou uma comissão de inquérito.

Na segunda-feira, várias personalidades são chamadas a testemunhar, nomeadamente o ministro-adjunto das Finanças, Mcebisi Jonas, a quem os Gupta ofereceram 40 milhões de euros para retomar o ministério do Tesouro na condição de “trabalhar para eles”.

O inquérito que deve durar ainda mais dois anos irá apenas emitir recomendações. Resta saber se a polícia e o Procurador da República se vão ocupar deste caso e se vão abrir um inquérito judiciário.

ANG/RFI


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw