Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Ambiente
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Inundações/ Mais de 500 soldados da Marinha Nacional sem sítio para dormir

2018-09-10

(ANG) - O mau tempo que tem afetado Bissau provocou inundações do Estado-Maior da Marinha guineense, deixando 500 soldados sem sítio para dormir.



"Este quartel está velho e durou muitos anos e o esgoto já não consegue levar a água do mar. Neste momento, a água do mar entra diretamente para as camaratas", disse à agência Lusa o vice chefe de Estado-Maior da Marinha, Comodoro Armando Siga.

As instalações da Marinha guineense estão situadas junto ao rio Geba e a quantidade de chuva que tem caído nos últimos dias, juntamente com a subida da maré, provocaram inundações no perímetro, que atingiram vários blocos de camaratas e o refeitório.

"É preciso a intervenção do Governo, porque a Marinha não tem capacidade para prevenir esta situação. Isto ultrapassa as nossas capacidades", pediu o Comodoro Armando Siga.

O vice chefe de Estado-Maior da Marinha disse que neste momento estão a evacuar as camaratas e a colocar os soldados a dormir em outros sítios.

"Nós não temos condições para ficar aqui. O Governo tem de ver a possibilidade de sairmos daqui ou fazer uma intervenção rápida", afirmou.

A forte chuva que tem caído na Guiné-Bissau já provocou a destruição de cerca de mais de 30 habitações e deixou dezenas de pessoas desalojadas.

Em junho, o mau tempo provocou três mortos e deixou 800 desalojados na cidade de Bissau.

ANG/Lusa


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw