Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Sociedade Civil/ Aliança das Organizações da Sociedade Civil aconselha ao governo para adiar eleições

2018-09-12

(ANG) - O Presidente do Movimento Nacional da Sociedade Civil aconselha ao governo para adiar as eleições, caso não consiga fazer o recenseamento até final do mês corrente, para não criar mais instabilidades.



Fodé Caramba Sanhá falava à imprensa esta quarta-feira em nome da Aliança das Organizações da Sociedade Civil após o encontro com o Presidente da República.

Fodé Sanhá disse que a Aliança está preocupada com o atraso no processo de recenseamento que até então não começou, informando ainda que o Presidente da República também mostrou a mesma preocupação, mas que está aguardando o governo, que tem o objectivo específico de realizar as eleições.

“É uma preocupação que viemos manifestar ao Presidente da República, que deve jogar a sua influência para ajudar o governo a realizar eleições legislativas prevista para 18 de Novembro”, salientou Carambá Sanhá.

Disse que devem ser ouvidos todos os partidos políticos, independentemente de terem ou não assento parlamentar porque todos eles têm interesses no processo eleitoral, tendo em conta o novo cronograma que está sendo perspectivado.

Disse que segundo a informação do Presidente da República, o governo afirma que a data ainda não está em causa porque têm trabalhos que estão a ultimar, acrescentando que enquanto o governo não apresentar indicações de que tecnicamente as eleições não poderão ter lugar na data prevista nada se pode fazer.

Fodé Caramba Sanhá disse que a Sociedade Civil está esperançada no cronograma que está sendo ajustado pela Comissão Nacional de Eleições (CNE) e o Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral (GTAPE), e que vai ditar a possibilidade da realização do escrutínio na data marcada.

ANG/DMG/ÂC//SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw