Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Camarões/ Mais de sete milhões de eleitores escolhem no domingo próximo Presidente da República

2018-10-05

(ANG) - Mais de sete milhões de eleitores são chamados no domingo às urnas para eleger o próximo Presidente dos Camarões, com nove candidatos na corrida presidencial, incluindo o actual chefe de Estado, Paul Biya.



O Presidente camaronês, Paul Biya, de 85 anos, lidera o partido Comício Democrático do Povo dos Camarões (CPDM, na sigla francesa) e está no poder há 36 anos. Biya foi eleito pela última vez em Outubro de 2011 para um sexto mandato, com 77,9% dos votos.

Joshua Nambangui Oshih, líder da Frente Social Democrática (FSD, na sigla francesa) e da oposição, é o principal opositor de Paul Biya.

Nestas eleições presidenciais concorrem ainda Njoya Adamou Ndam, da União Democrática dos Camarões, Gargan Haman Adji, do partido Aliança para a Democracia e o Desenvolvimento, Kamto Maurice, do Movimento para a Renascença dos Camarões, Serge Espoir Matomba, líder do partido Povo Unido para a Renovação Social, Franklin Ndofor Afanwi, do Movimento dos Cidadãos Nacionais, Akere Tabeng Muna, líder da Frente Popular para o Desenvolvimento e Cabral Libii Li Ngue Ngue pelo partido político Universo.

O presidente é eleito para um mandato de sete anos. A eleição presidencial de domingo deverá ter a violência entre grupos armados como pano de fundo.

No extremo norte do país tem vindo a crescer a ameaça dos ‘jihadistas’ do Boko Haram, tal como a dos rebeldes centro-africanos no leste.

Nos territórios anglófonos, noroeste e sudoeste, continua o conflito entre os separatistas armados e as forças de segurança.

Paul Biya, que os críticos responsabilizam pela violência na zona anglófona dos Camarões e que os apoiantes acreditam ser o único capaz de parar os conflitos, concorre ao seu sétimo mandato.

ANG/Inforpress/Lusa


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw