Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 16 de Outubro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ Deputado Té do PRS acusado de “agressão verbal “ contra ministra Ester Fernandes

2018-10-11

(ANG) – O Ministério da Administração Territorial acusou esta quarta-feira o deputado do Partido da Renovação Social (PRS),Paulino Té de ter agredido verbalmente a ministra Ester Fernandes quando esta visitava uma brigada de recenseamento na região de Biombo.



Em comunicado à imprensa à que a ANG teve acesso, este ministério refere que o acto aconteceu na vila de Cupul no sector de Prabis, no passado dia 10 do mês do curso quando a Ministra da Administração Territorial visitava uma das brigadas na zona para constatar “in- loco” o andamento dos trabalhos.

“Na ocasião, a governante estava a trocar ideias com os brigadeiros e fiscais dos partidos políticos sobre o processo em causa, quando foi agredido verbalmente com palavrões por parte do deputado Paulino Té”, diz a nota.

O comunicado informa ainda que no dia 08, em Canchungo, norte da Guiné-Bissau, Florentino Mendes Pereira,Secretáio-geral do PRS, na companhia de alguns militantes do partido, apresentaram-se numa mesa vestidos de camisola do Partido e sem peças de identificação para se recensear mas não foram permitidos se recensear.

“Por terem sidos impedidos de se recensear, Florentino Mendes Pereira e a comitiva que o acompanhava fizeram desacatos, pondo em causa o normal funcionamento da mesa de recenseamento e a integridade física dos brigadistas “, lê-se no comunicado.

Perante estes factos, de acordo com a nota, a Comissão Técnica de Informação e Sensibilização do Gabinete Técnico de Apoio ao Processo Eleitoral decide solidarizar-se com a ministra Ester Fernandes e a encoraja a continuar o seu trabalho em obediência as leis vigentes no país.

A missiva da conta ainda que no mesmo dia apareceram numa mesa de recenseamento no sector de Fulacunda, Sul do país, dois cidadãos nacionais que identificaram como coordenadores do Partido da Renovação Social (PRS) para os círculos eleitorais 3 e 4 que engloba Fulacunda, Empada, Buba e Tite.

Segundo o comunicado, as referidas pessoas identificadas de Betamblat Na Cul e Iancuba Camará retiraram bruscamente um acumulador de energia e um aparelho de impressão digital à mesa de recenseamento, acção que impediu a continuidade dos trabalhos .

No comunicado, aquela instituição igualmente condena o acto que considera de “bárbaro e ignóbil” perpetrado pelo deputado Paulino Té e a acção de vandalismo verificado no sector de Fulacunda, actos esses passíveis de punição com pena de seis meses à três anos de prisão e uma multa de 462.000 , conforme manda o artigo 43, da Lei de Recenseamento Eleitoral.

“Apelamos a todos os cidadãos e em particular aos partidos políticos o maior civismo para o sucesso deste processo “,lê-se no documento.

ANG/MSC/ÂC//SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw