Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quinta, 24 de Janeiro de 2019
Todas as categorias
Cooperação
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


ONU/ Trinta oficiais militares guineenses recebem formação sobre missões de manutenção de paz

2018-10-15

(ANG) – O Gabinete Integrado das Nações Unidas para Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS) em parceria com o governo da Alemanha capacitam trinta oficias militares guineenses sobre missões de manutenção da paz das Nações Unidas (ONU),numa formação que terá a duração de quinze dias.



Na cerimónia de abertura, o Vice-Chefe de Estado-maior General das Forças Armadas disse que esta é a primeira vez que os oficiais da Guiné-Bissau beneficiam do curso de género.

Mamadú Turé disse que um oficial precisa de estar munido de conhecimentos sobre como deve lidar tanto com a população como com os dirigentes e outros oficias durante a missão de manutenção da paz.

Agradeceu os responsáveis pela formação e pediu aos militares para aproveitarem no máximo para que num futuro próximo estejam em condições de aplicar, na prática, todos os conhecimentos que irão adquirir ao longo dos 15 dias da formação.

Em nome da UNIOGBIS Diego Rodriguez enalteceu a posição dos militares durante a crise política vigente.

“Esta postura foi reconhecida por toda a comunidade internacional facto que motivou esta formação”, revelou Diego Rodriguez.

Por sua vez, o formador, de nacionalidade Nigeriana, Emeka Ogili disse que está no país em nome do centro de formação Kofi Annan do Gana para ministrar a formação dos oficiais guineenses em matéria e missões da manutenção da paz na ONU.

“ Há quase meio século, os países africanos têm feitos sucessos em manutenção da paz a nível da ONU, em África e noutros continentes. “ disse o formador.

Emeka Ogili disse ainda que a missão de manutenção da paz da ONU não só salvou vidas das populações nos países em conflito armado, assim como formou oficiais e soldados sobre como devem comportar com todos durante a sua missão.

Esclareceu que, com a missão de manutenção da paz, os soldados interagem com seus colegas e aprendem muitas coisas além do dinheiro que ganham.

O centro de formação militar, Kofi Annan, segundo Ogili, é especializado na preparação dos militares africanos para a missão da Paz da ONU, e conta com a assistência do governo alemão.

ANG/JD/LPG//SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw