Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Segunda, 17 de Junho de 2019
Todas as categorias
Ambiente
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Tempo/ Meteorológica aponta baixo nível das nuvens como motivo da queda prematura de chuvas no país

2019-04-02

(ANG) – A Directora de Serviço de Previsão de Tempo do Instituto da Meteorológica da Guiné-Bissau apontou hoje o baixo nível das nuvens, que facilita a deslocação da corrente “rajada subtropical”, associado às nuvens de tipo alta cru, alta estática e comum limpa, como motivo da queda prematura das chuvas, registada esta manhã um pouco por toda parte do país.



Feliciana Mendonça que falava esta manhã em exclusivo à Agência de Noticias da Guiné (ANG) em termos de esclarecimento dos motivos da queda da chuva, acrescenta que, a caída da chuva é provocada pela corrente “rajada subtropical” que se formou na zona oeste da República Islâmica da Mauritânia.

Feliciana Mendonça disse ser uma situação que se verifica quando o nível das nuvens está abaixo do normal.

“Apesar desta queda, ainda não estamos na época da chuva, mas sim num período de transição da estação da seca para o início da chuva”, esclareceu a Directora de Serviço de Previsão de Tempo do Instituto da Meteorológica Nacional, em entrevista a ANG.

Perguntado se não existe nenhuma relação entre a queda das chuvas registada e as altas temperaturas que, actualmente, se fazem sentir no pais , disse que normalmente este é o tempo em que se regista alta temperatura que varia entre 35 e 40 graus, sobretudo na zona leste do país onde se registam ventos fortes.

Por isso, Feliciana Mendonça aconselha a sociedade em geral, principalmente aos praticantes de desporto, para não ficarem debaixo de sol por muito tempo, por ser prejudicial a saúde.

Chuvas sem vento nem trovoadas caíram hoje de manhã no país fazendo prever que a estação das chuvas, que normalmente inicia em Maio, vai, este ano,começar mais cedo, com todos os prejuízos que poderiam dar a colheita da castanha de caju, cuja campanha foi aberta no sábado.

ANG/LPG/AC//SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw