Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 18 de Agosto de 2019
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


X legislatura/ Comité Central do PAIGC reconduz Cipriano Cassamá nas funções do Presidente de Assembleia Nacional Popular

2019-04-15

(ANG) - O Comité Central do Partido Africano da Independência de Guiné e Cabo Verde (PAIGC) reconduziu este fim-de semana o Cipriano Cassamá no cargo do Presidente da Assembleia Nacional Popular (ANP) para a décima legislatura.



A recondução de Cipriano Cassama no cargo, foi decidida na reunião do Comité Central do referido partido no qual estavam presentes cerca de trezentos membros, informou o porta-voz do PAIGC em declarações à imprensa.

João Bernardo Vieira acrescentou que, para o cargo do 1º Vice-presidente da ANP, foi nomeado o líder do partido Assembleia do Povo Unido (APU-PDGB), Nuno Gomes Na Biam, e a deputada do PAIGC, Dam Ialá que na passada legislatura exercia funções da segunda secretária, passou agora a ocupar o lugar da primeira secretária, enquanto Gabriela Fernandes, é a nova segunda secretária.

O lugar do 2º Vice-presidente da ANP será ocupado por um elemento do segundo partido mais votado neste caso o Movimento para Alternância Democrática (MADEM-G15) e que será votado na plenária do hemiciclo.

O porta-voz dos libertadores explicou que na reunião de Comité Central, o Presidente do PAICGC defendeu a necessidade de formação de um governo de índole nacional no qual não será levado em consideração as questões tribais e muito menos regionais, mas sim, com base nos benefícios do povo guineense.

Sublinhou que o PAIGC pretende disciplinar e reestruturar a administração pública guineense com base na descentralização e desconcentração dos poderes.

Por outro lado, Bernardo Vieira sublinhou que o Comité Central felicitou a Polícia Judiciária pela apreensão do arroz doado pela República Popular da China e que estava a ser comercializado e encorajou-a a não desistir de contribuir na luta para diminuir a corrupção no país.

ANG/AALS/AC


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw