Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Terça, 18 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Sociedade civil recomenda dialogo na resolução da actual crise política do país

2015-07-02

(ANG) – As organizações da Sociedade civil recomendaram esta quarta-feira o diálogo entre os órgãos da soberania e o respeito pela separação de poderes como forma de ultrapassar a actual crise politica do país.



“Todas as crises políticas institutuicionais são resolvidas por via do diálogo e esta não é uma exceção,” afirmou a porta-voz do grupo Lucinda Barbosa Ahukarie, a saída da audiência com o Presidente da República.

Ahukarie disse que a actual crise institucional deve ser resolvida sob a mediaçäo dos próprios guineenses e não por outras pessoas.

A porta-voz do grupo solicitou uma concertação permanente entre a Presidência da República, Primatura e a Assembleia Nacional Popular para o bem-estar do povo guineense em geral .

Lucinda Barbosa Ahukarié informou que o Presidente da República continua a preocupar-se com o país, “sobretudo com o sector das pescas, falta de dinamismo laboral na Função Pública, a venda de medicamentos oferecidos pelo Reino de Marrocos e a falta de rigor na gestão do erário público”.

Alguns membros da Organização da Sociedade Civil da Guiné-Bissau estiveram reunidos com o Presidente da República numa iniciativa que visa encontrar uma solução para a actual crise política entre os órgãos da soberania.

O Presidente da Republica, o Primeiro-ministro e o presidente da Assembleia Nacional Popular deram mostras de desentendimento entre eles em discursos publicos recheados de acusacoes indirectas sustentadas nomeadamente por alegadas usurpaçöes de poderes.

Uma fonte da Assembleia Nacional Popular disse hoje a ANG que o presidente Mario Vaz deve intervir sexta-feira no parlamento.

A fonte não avançou pormenores sobre essa visita presidencial a Assembleia Nacional Popular onde decorrem os trabalhos de mais uma sessäo parlamentar.

ANG/LPG/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw