Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Domingo, 18 de Agosto de 2019
Todas as categorias
Destaques
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Política/ Centrais sindicais indignadas com nomeação de 22 conselheiros do primeiro-ministro

2019-07-16

(ANG) – As duas centrais sindicais do país, a União Nacional dos Trabalhadores da Guiné (UNTG) e Confederação Geral dos Sindicatos Independentes da Guiné-Bissau (CGSI-GB), manifestaram suas indignações com a nomeação dos 22 conselheiros e assessores do primeiro-ministro Aristides Gomes.



A informação consta num comunicado de imprensa enviado hoje à ANG .

A UNTG e CGSI-GB dizem que o ato demonstra claramente que este executivo está em condições de responder as exigências reivindicativas constantes no seu pré-aviso de greve.

“Tendo em conta o atraso no pagamento de salário e outras regalias aos servidores públicos, as centrais sindicais questionam onde irá o governo encontrar fundos para honrar o compromisso com estes assessores e conselheiros afectos ao gabinete do primeiro-ministro”, questionaram.

As centrais sindicais apelam aos trabalhadores a se manterem firmes e determinados a volta das suas estruturas sindicais, porquanto ser único caminho para obterem a dignidade, respeito sócio laboral, em defesa dos seus interesses legítimos e promoção dos direitos aos estatutos.

O Primeiro-ministro nomeou recentemente 13 conselheiros e sete assessores para diferentes áreas mas desdramatizou as criticas dizendo que a maioria dos nomeados não vai auferir de salário por ser beneficiário de pensão vitalícia, justificação que entretanto não convence aos seus críticos.

ANG/JD/ÂC//SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw