Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 14 de Novembro de 2018
Todas as categorias
Internacional
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


COP21/ Acordo de Paris motiva leituras diversas

2015-12-14

(ANG)- A adopção na noite de domingo, em Paris de um acordo vinculativo mundial contendo o aquecimento do planeta provoca reacções diversas junto da sociedade civil.



A ong moçambicana Justiça ambiental declara-se insatisfeita com um acordo que julga pouco ambicioso e vinculante. Já a organização portuguesa Quercus aplaude a ambição do documento.

O Acordo de Paris obtido no âmbito da COP21 foi saudado por todo o planeta como um passo histórico permitindo conter o aquecimento climático abaixo dos dois graus centígrados.

Um documento que prevê uma avaliação das emissões de gases de efeito de estufa de 5 em 5 anos e um fundo de 100 mil milhões de dólares em prol do acesso às energias renováveis para os países em vias de desenvolvimento.

Aplausos, beijos, abraços e lágrimas marcaram a adopção do Acordo de Paris para o clima às 19h26, hora local, no Centro de conferências do Bourget.

Laurent Fabius, chefe da diplomacia francesa, afirmou na altura não haver nenhuma oposição à adopção deste instrumento vinculativo visando conter o aquecimento do planeta a menos de dois graus centígrados.

Presentes estavam o secretário-geral da ONU, o presidente francês, obviamente, mas também personalidades como Al Gore, ex vice-presidente norte-ameridano, que muito se empenhara no movimento ecológico mundial.

Todos eles saudaram um momento histórico para o planeta, rumo a uma redução drástica das emissões dos gases com efeito de estufa.

Paris marca uma etapa importante das conferências da ONU com um acordo vinculativo, saudado mesmo pelas organizações não-governamentais ambientalistas.

Marcado fica já o encontro para o ano na cidade marroquina de Marraquexe, para nova COP.

ANG/RFI


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw