Mapa do sítio  |  Contactos  
    
Início          Sobre a ANG          Internacional          Desporto          Cultura          Galeria Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Todas as categorias
Política
Política
Economia
Saúde
Justiça
Agricultura
Ambiente
Infra-estruturas
Comunicações
Turismo
Cultura
Desporto
Regiões
Lusofonia
Cedeao
Internacional
Arquivo
Cooperação
Ensino
Religião
Anuncios
Tecnologia
Sociedade
Transportes


Debate sobre Programa de Governo/ Cidadãos guineenses exortam deputados a pensarem no interesse do povo

2015-12-22

(ANG) – Vários cidadãos guineense pediram aos deputados para porem de lado os seus interesses pessoais e pensarem nas dificuldades que o povo esta a passar.



Esta posição ficou conhecida hoje durante uma auscultação feita pela ANG à alguns cidadãos nacionais, a propósito do programa do governo que esta em discussão e que eventualmente, poderá ser hoje votado.

O cidadão Alancír da Silva, por exemplo, lembrou que se deve projectar o futuro do país, promovendo o desenvolvimento, a paz e estabilidade para assim a próxima geração poder usufruir de uma convivência pacifica.

Já a cidadã Jacira dos Santos referiu ser necessário um consenso entre os deputados para aprovar o programa de governação de modo a evitar os problemas no futuro.

"Para o bem da Guiné-Bissau, o interesse do povo deve estar acima dos interesses de cada indivíduo", concluiu.

Por sua vez, Fernando Cá, disse que a aprovação do programa de governação pelos deputados significa pensar no interesse do povo.

"Se o programa da governação não for aprovado, seremos nos a pagar no final de tudo. Então, assim sendo, peço aos nossos representantes para pensarem no povo", apelou Fernando Cá.

Necas da Silva, igualmente questionada, advertiu que a não aprovação do programa será um grande prejuízo para o povo e chamou a atenção dos parlamentares no sentido de promoverem um ambiente de tranquilidade ao povo guineense, através da paz e estabilidade, aspectos essenciais para o desenvolvimento da Guiné-Bissau.

Os deputados reunidos na Assembleia Nacional Popular (ANP) cumprem o segundo dia da discussão e eventual aprovação do programa de governação do executivo de Carlos Correia.

Entretanto, o receio da população advém do facto de alguns deputados do próprio partido que sustenta o governo terem declarado que irão votar contra o documento.

Discursando segunda-feira no parlamento, Carlos Correia disse ser o mesmo programa que os mesmos deputados haviam aprovado em 2014, com o então Primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira demitido em Agosto último pelo Presidente Mário Vaz.

ANG/AALS/JAM/SG


Publicidade




©Agência de Notícias da Guiné
Telefone: 0123-456-789
Email: geral@ang.gw